Quais podem ser os efeitos colaterais da Vacina contra a Covid-19?

Podemos confiar na eficácia e segurança das vacinas, que passam por avaliações criteriosas de diversas entidades, antes de sua distribuição. Entretanto, assim como todo e qualquer imunizante, pode haver reações adversas.

Toda e qualquer vacina pode causar desconfortos

Os efeitos variam de pessoa para pessoa e de vacina para vacina.
É comum surgir vermelhidão, inchaço e desconforto no local da aplicação, e até mesmo tontura e febre. Em casos raríssimos, os componentes da injeção podem provocar efeitos colaterais graves. Entretanto, lembre-se: não se vacinar é se expor ao risco de sofrer com a doença contra a qual a vacina nos protege. Não temos como saber se teremos uma forma leve ou grave da doença.

Confira possíveis sintomas relacionados aos imunizantes contra o coronavírus:

1. Pfizer-BioNTech

Há relatos de um pouco de dor e vermelhidão ou inchaço no local da injeção em até sete dias após a aplicação. Também houve relatos de cansaço, dor de cabeça ou muscular e febre. As reações foram majoritariamente leves ou moderadas, persistindo por cerca de dois dias.

Dois funcionários do sistema de saúde público do Reino Unido (NHS), que já possuíam um longo histórico de alergias, sofreram um choque anafilático ou resposta alérgica grave. Ambos foram tratados e passam bem. Após o episódio, como medida de precaução, o governo decidiu que pessoas com alergias graves não devem receber essa vacina enquanto não houver mais estudos a respeito.

2. CoronaVac

Não houve relatos de efeitos colaterais graves. Um estudo chinês divulgado em setembro, com mais de 50 mil voluntários, registrou as seguintes reações: dor e inchaço no local da injeção, fadiga e febre baixa. Alguns participantes experimentaram perda de apetite, dor de cabeça e febre mais elevada.

No Brasil, os testes para a vacina foram suspensos pela Anvisa após a morte de um voluntário. Entretanto, após esclarecimentos – o óbito não teve relação com a vacina; foi um caso de suicídio – os testes voltaram normalmente.

3. Oxford/AstraZeneca

Segundo dados publicados na revista científica The Lancet, cerca de 80% dos 552 participantes que receberam o imunizante desenvolvido por parceria entre a Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca tiveram reações locais (dor ou inchaço no local da aplicação). Cerca de de 80% dos voluntários também relatou reações sistêmicas, como dor de cabeça e febre. Tais reações foram mais frequentes em pessoas mais jovens, de até 56 anos.

Os efeitos colaterais são leves e de curta duração, bem comum comuns e não representam perigo, segundo especialistas. Logo, é importante estar preparado para enfrentar estes sintomas por algumas horas ou por até dois dias.

#vacina #covid19 #imunização #eficácia #coronavac #butantan #astrazeneca #vacinação #astrazeneca #coronavírus #coronavirus #todoscontraocoronavírus #vacinasim

MelysVida.com – Viva Mais Saudável